Prefeitura realiza campanha sobre o ‘Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa’

Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação de Apoio ao Idoso Dr. Thomas (FDT), realizará uma campanha em alusão ao Dia de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, nesta quarta-feira, dia 15/6, no piso Tucumã, no shopping Manauara, no bairro Adrianópolis, zona Centro Sul, e no Parque Municipal do Idoso (PMI), no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul. A campanha intitulada “Envelhecer faz parte da vida, o respeito também”, promoverá uma programação com atividades diversas, também no dia 22/6, no PMI.

Na programação do dia 15, a FDT, em parceria com o shopping Manauara, montará um estande em frente à loja Bemol, que estará disponível durante todo o horário de funcionamento do shopping, das 10h às 22h, para divulgar as atividades da fundação, material em relação ao Dia de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, além da parceria com o grupo Supera.

O Método Supera foi escolhido por ser um curso que potencializa a capacidade cognitiva, melhorando a memória, concentração, criatividade, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora, prevenindo doenças mentais.

O grupo promoverá atividades como: jogo de galocha, corrida das cores, nhac nhac, torre de hanói e outras dinâmicas para as pessoas participarem, exercitando através de jogos cognitivos a habilidade de memória, atenção, raciocínio lógico, concentração, pensamento estratégico, viso espacial e foco. O Supera também realizará um sorteio onde todos que participarem serão contemplados com uma aula demonstrativa totalmente gratuita do grupo.

A campanha busca tratar sobre o Idadismo, preconceito sofrido por pessoas por conta da idade, sobretudo, em relação aos indivíduos mais velhos. O termo, que não é tão conhecido como machismo e homofobia, é uma realidade vivida pelos idosos no país. A visão de que a pessoa mais velha é, portanto, mais frágil, nem sempre é uma atitude positiva, pois pode gerar dependência.

A aposentada Maria Conceição Tavares, 74 anos, conta que já passou por situações preconceituosas. “Somos tachados como frágeis por conta da nossa idade e, por isso, muitas pessoas acabam infantilizando e até mesmo tirando o nosso poder de decidir. É importante falar que nós idosos somos capazes de ocupar o lugar que quisermos, pois também fazemos parte dessa sociedade”, afirmou.

Segundo dados da Delegacia Especializada em Crimes Contra Idosos (DECCI), o número de casos computados só cresceu desde 2009, tendo uma pequena queda nos últimos dois anos. Em casos de violência, a principal forma de combate é por meio da denúncia. Uma das formas é no Disque Direitos Humanos pelo número 100.

A diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho, enfatiza que a importância de um tratamento humanizado com os idosos pode ser uma das chaves para uma qualidade de vida melhor para essas pessoas. “Estamos acostumados a pensar nos idosos como frágeis, dependentes, doentes, mas a realidade é outra. Hoje em dia, os idosos querem ser protagonistas de suas próprias vidas. Tratar o envelhecimento como doença acaba privando esse protagonismo de acontecer e por isso lutamos pela independência deles, por meio das nossas políticas públicas e de campanhas como esta”, afirmou Martha.

Além do estande em parceria com o shopping Manauara, o Serviço Social do Parque do Idoso realizará também no dia 15, a “Ação do Dia de Conscientização da Violência Contra o Idoso”, no hall da lanchonete do Parque Municipal do Idoso, às 9h.

A FDT também promoverá um evento em parceria com a Subsecretaria de Políticas Afirmativas para Mulheres e de Direitos Humanos, no dia 22/6, nas dependências do Parque Municipal do Idoso, que contará com exposição dos trabalhos artesanais do grupo de idosos do parque, apresentação cultural, debates, mesas-redondas, entre outras atividades, das 8h às 18h.

Números para denunciar:

Programa de Atenção Domiciliar ao Idoso (Padi) – (92) 98844-5169

Delegacia do Idoso – (92) 3214-5800

Disque Direitos Humanos – 100

Secretaria de Segurança Pública (SSP) – 181

Polícia Militar do Amazonas – 190

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.