Após 1º caso no Brasil da varíola do macaco, ministério da saúde monitora nove suspeitos

MUNDO – Chega a nove o número de casos suspeitos de varíola do macaco que estão sendo acompanhados pelo Ministério da Saúde em todo o país, informou a pasta nesta sexta-feira (10). Ontem, São Paulo confirmou o primeiro diagnóstico da doença.

A pasta recebeu notificações de suspeitas dos seguintes estados: Santa Catarina (2), Mato Grosso do Sul (1), Rio Grande do Sul (1), Rondônia (2), São Paulo (1), Rio de Janeiro (1) e Ceará (1).

Como são necessários exames de sequenciamento genético para confirmar a infecção pelo vírus da varíola do macaco, os resultados estão demorando alguns dias.

O paciente confirmado em São Paulo está internado em isolamento no Instituto de Infectologia Emílio Ribas. A Secretaria de Estado da Saúde afirma que ele passa bem.

O homem de 41 anos viajou recentemente para dois dos países com maior número de casos confirmados da doença no mundo: Espanha (259) e Portugal (209).

Segundo monitoramento em tempo real da iniciativa Global.health, organizada por pesquisadores de universidades como Harvard e Oxford, já são mais de 1.450 pessoas com varíola do macaco no mundo desde o primeiro caso, identificado no Reino Unido em 7 de maio.

Foto: Reprodução/Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.