Ouvidoria da prefeitura alinha com CGE implantação do programa Fala.BR

Prefeitura de Manaus, por meio da Ouvidoria Geral do Município, promoveu um encontro com representantes da Controladoria Geral do Estado (CGE) para alinhar o funcionamento operacional do programa “Fala.BR”. A reunião foi realizada nesta sexta-feira, 10/6, na sede do Executivo municipal, localizada na avenida Brasil, bairro Compensa, zona Oeste da capital.

Neste mês, a Ouvidoria Geral do Município aderiu ao programa “Fala.BR”, que é uma Plataforma Integrada de Acesso à Informação e Ouvidoria, desenvolvida pela Controladoria Geral da União (CGU), do governo federal. O canal possibilita a participação popular e transparência dos serviços públicos. O ouvidor municipal Nonato Oliveira afirmou que a ferramenta vai agilizar a relação entre gestão e cidadão e destacou o suporte da CGE para a implantação.

“Por orientação do prefeito David Almeida, nós estamos criando o sistema municipal de ouvidoria, que implica que cada pasta da prefeitura terá seu núcleo de ouvidoria, para que haja uma ação presencial e individual, a fim de buscar soluções e respostas do que está sendo reclamado, criticado, denunciado e elogiado. Agora estamos aderindo ao mais perfeito sistema de acesso à informação ao cidadão e contamos com a parceria da CGE, que agrega a Ouvidoria do Estado e já operacionaliza o sistema, dando a devida orientação a nossa equipe”, explicou.

Durante a reunião, o ouvidor ressaltou que o sistema nacional de ouvidoria em nível de município é uma novidade, o que deve dar uma resposta mais célere da gestão às demandas populares. “A Ouvidoria é o canal da gestão municipal para aferir o grau de satisfação em termos de serviços públicos ao cidadão. Portanto, é um avanço muito grande da Prefeitura de Manaus em aderir ao modelo e acolher as manifestações”, pontuou.

 A chefe de Departamento de Transparência da CGE, Larissa Monteiro, comentou que os maiores sistemas governamentais de ouvidoria (e-Ouv) e de acesso à informação (e-Sic) do Brasil se integraram para formar o “Fala.BR”. “O Estado já utiliza essa plataforma com mais de 75% das ouvidorias cadastradas no órgão estadual e hoje nós apresentamos a nossa estrutura de como usamos. A ideia é orientar sobre o funcionamento do sistema de comunicação”, enfatizou.

A ferramenta permite que o cidadão registre denúncias, reclamações, solicitações, sugestões ou elogios. O sistema é completamente gratuito, e está à disposição das ouvidorias de todos os poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios.

Além do sistema de ouvidoria, o novo projeto da Ouvidoria Geral do Município também contempla a criação de uma ouvidoria itinerante, de um banco de sugestões e de um sistema de atendimento ao cidadão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.