Governo do Estado inicia capacitação em boas práticas de manejo do açaí para 50 famílias de comunidade indígena, em Benjamin Constant

Cerca de 50 famílias de produtores rurais e extrativistas da comunidade indígena São João de Veneza, em Benjamin Constant, iniciaram, nesta terça-feira (07/06), o curso de boas práticas de manejo do açaí, oferecido por meio do Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento Profissional, executado pela Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama), uma determinação do governador Wilson Lima para potencializar as cadeias produtivas no interior

O curso está sendo ministrado pelos especialistas do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Luiz Rocha, Denis Lima e Jaguanhara Lopes, que estão utilizando duas espécies de açaí (oleracea, conhecido como o Pai D’égua e o precatória).

Líder da comunidade, o cacique ticuna Vaudinier Luiz Fortes, destacou que, atualmente, a comunidade é a maior fornecedora do fruto na região, com uma produção de 200 toneladas na safra de 2022.

“A perspectiva é que, com este curso, nós possamos fortalecer a nossa associação para que o açaí seja mais uma fonte de renda também das comunidades próximas”, destacou o cacique.

Após o curso e a safra de 2022 – que encerra ao final de junho -, os produtores já estarão aptos para plantar e cultivar 17 mil mudas, já distribuídas pelo Idam, prontas para o plantio.

O gerente do Idam em Benjamin Constant, Denis Lima, explicou que o curso é justamente para que estes produtores aprendam as melhores práticas e tecnologias modernas para não somente aumentar a capacidade de produção, como fazer com que a safra dure o ano inteiro e não somente seis meses. “Aumentando a produção, automaticamente, já aumenta a geração de renda na comunidade”, disse.

Neste primeiro dia de aulas teóricas, os alunos tiveram acesso às boas práticas de manejo e suas etapas que envolvem a pré-coleta, a coleta e a pós-coleta, bem como a debulha, seleção, monitoramento da produção, armazenagem, transporte, comercialização, noções financeiras e atualização do PGPMBio, programa de Governo que trata sobre a subvenção do fruto.

O curso de boas práticas de manejo prossegue na quarta-feira (08/06), com a parte prática nos próprios terrenos da Vila São João de Veneza, envolvendo as técnicas de plantio, adubação, abertura de covas, espaçamento, irrigação e a forma correta de extração. a forma correta de extração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.