Setor de flores em vasos cresceu em 2020

Aumento na aquisição de plantas pode estar ligado à história do ser humano e à busca por equilíbrio emocional, explica psicólogo

O mercado de plantas e flores foi um pouco diferente em 2020, a pandemia do novo coronavírus mexeu com o setor. Com o início das medidas restritivas, em março, o cenário era pessimista, com projeções de prejuízos e demissões. Mas o aumento na busca de plantas em vasos fez o setor fechar o ano com uma nova perspectiva.  Segundo avaliação do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), o ano passado teve um aumento de pelo menos 5% no faturamento em comparação com o ano anterior.

Para a instituição, as vendas foram impulsionadas, além da mudança de hábito de consumidores que migraram para o home office, pelo serviço de delivery e pelos supermercados, que não fecharam as portas durante a quarentena. A estimativa para 2021 é positiva, segundo a Cooperativa Veiling Holambra, o crescimento ficará entre 8% e 9%, já considerando os possíveis impactos da covid-19.

Ivo Carraro, psicólogo e coordenador do Centro de Atendimento Psicopedagógico do Centro Universitário Internacional Uninter, explica que a busca por plantas está ligada à história do ser humano e a busca por equilíbrio emocional. “O afastamento social interferiu na natureza social humana. Sem ela, a possibilidade da baixa autoestima, do isolamento, da depressão, da tristeza. A presença das plantas nos ambientes, como se estivéssemos em uma floresta, pode reestabelecer o equilíbrio emocional e resgatar a origem humana”.

O psicólogo lembra que o ancestral humano sobreviveu, juntamente com o seu grupo, extraindo o seu sustento do contato com a natureza. “Tais práticas formaram as memórias genéticas que foram transmitidas para as gerações seguintes. A pandemia despertou o que estava latente nas profundezas da mente humana. As flores, o verde e o azul constituem-se em fatores essenciais para uma vida mental saudável e com sentido. Os passeios ecológicos, os campos floridos, as cachoeiras, as árvores frutíferas carregadas com colorido próprio despertam o desejo de saborear os frutos maduros. A natureza está inserida no emocional humano”, afirma Carraro.

Sobre o Grupo Uninter

O Grupo Uninter está entre os maiores players do segmento educacional, e é a única instituição de ensino a distância do Brasil recredenciada com nota máxima pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, o centro universitário conquistou o conceito 4 no Índice Geral de Cursos (IGC), divulgado pelo MEC. O resultado aliado à nota máxima de seu programa de educação a distância (EAD), consolida a Uninter como a melhor instituição EAD no Brasil, à frente dos outros cinco maiores grupos educacionais que atuam na modalidade. Já formou mais de 500 mil alunos e, hoje, tem mais de 300 mil alunos ativos nos mais de 400 cursos ofertados entre graduação, pós-graduação, mestrado e extensão, nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Possui polos de apoio presencial estrategicamente localizados em todo o território brasileiro. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.