Prefeito de Itamarati demite servidores em meio à pandemia

Em meio ao caos econômico enfrentado pelos trabalhadores por causa da pandemia de coronavírus, o prefeito de Itamarati, Antônio Maia, já exonerou pelo menos dez servidores comissionados desde o último dia 1º de abril.

De acordo com as denúncias de alguns servidores exonerados, que não quiseram se identificar por medo de represálias, não houve nenhum aviso prévio por parte da prefeitura, o que deixou os trabalhadores em situação difícil financeiramente, uma vez que a quarentena está instaurada no município do interior do Amazonas, impossibilitando que busquem novas oportunidades.

Ainda segundo as denúncias, a causa das demissões é política. Um vereador de Itamarati, filho de uma pré-candidata à prefeitura, que teria o apoio de Maia, seria o responsável pelo pedido das exonerações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.