ABSURDO! Policial Militar é acusado de destruir casas e construções em comunidade rural do Careiro Castanho

Moradores de uma comunidade rural no quilômetro 25 da estrada de Autazes, no município de Careiro Castanho, estão denunciando o policial militar Marcos Sérgio Brito Viana de destruir construções dos comunitários e até mesmo o barracão da associação de moradores local. Mais de um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado contra o PM.

De acordo com BO registrado dia 18 de dezembro de 2019, pelo presidente da Associação Comunitária e Rural do Ramal do 25, Abraão Caitano da Silva, no dia 16 de novembro do ano passado, por volta das 9h, Marcos compareceu no endereço dos loteamentos, se apresentando como sargento da PM e alegando ser proprietário das terras, fazendo oferta de venda aos moradores e ameaçando derrubar as casas e destruir as plantações de quem não pagasse pelos terrenos.

Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, no dia 17 de dezembro, o policial militar foi novamente ao local e destruiu diversas construções, junto de três outras pessoas. Todos armados. Em seu depoimento, Abraão disse que essa não foi a primeira vez que o denunciado age destruindo espaços dos moradores. Ele diz ainda que Marcos procurou o Incra para reclamar a posse do local, mas teria sido informado que a área pertence à União.

Em um novo BO, feito nesta terça-feira, o policial militar foi acusado pelos moradores de destruir o barracão recém construído pela população para a associação e até o momento não apresentou nenhum documento de posse das terras.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.