Projeto vai promover arborização nas escolas de Manaus com plantio de mudas

Ação vai envolver mais de 240 mil alunos de 300 escolas na capital.

Projeto vai promover arborização nas escolas de Manaus com plantio de mudas — Foto: Rede Amazônica

A Fundação Rede Amazônica e o Instituto Soka firmaram nesta segunda-feira (16), em Manaus, acordo de cooperação técnica para o plantio de mais de 3 mil mudas nas unidades de ensino da rede municipal. A ação vai envolver mais de 240 mil alunos de 300 escolas na capital.

O projeto estreou na unidade localizada na Instituição filantrópica e Escola Mamãe Margarida, na Zona Leste de Manaus.

Por meio do “Consciência Limpa”, da Fundação, e “Sementes da Vida”, Instituto Soka, as duas instituições atuarão junto à Secretaria Municipal de Educação (Semed) para promover arborização escolar.

De acordo com Akira Sato, diretor-presidente instituto Soka, o projeto “Sementes da Vida” atua na arborização da cidade, por meio do cultivo e plantio de sementes nativas de árvores em extinção ou em estado de vulnerabilidade.

Ação vai envolver mais de 240 mil alunos de 300 escolas na capital. — Foto: Rede Amazônica

Ação vai envolver mais de 240 mil alunos de 300 escolas na capital. — Foto: Rede Amazônica

“O ato de plantar uma árvore representa a força da parceria, da união e do sentimento de que todos nós somos iguais e vamos vencer, não importa as adversidades que a gente enfrente”, disse.

A presidente do Conselho Consultivo do Grupo Rede Amazônica, Cláudia Daou, citou a representatividade da Casa Mamãe Margarita e a importância de alertar para a preservação do meio ambiente nas escolas. É muito importante começar pelas escolas. Tudo começa com educação”, disse.

De acordo com a organização, o projeto torna-se também uma forma de integrar atores do ecossistema ambiental, cumprindo os objetivos das Nações Unidas através das ODS’s (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável).

(*Colaborou, Paulo Paixão, Rede Amazônica)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.