Projeto incentiva o combate ao aedes aegypti em Coari

Nesta sexta-feira, 6 de março, foi realizada a primeira etapa do projeto educacional para a produção de repelentes a partir de extratos da flora amazônica e aplicação das armadilhas de larvitrampas, desenvolvido pela prefeitura de Coari, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em parceria com diversas entidades.

Os repelentes foram distribuídos na orla da cidade, em embarcações e casas flutuantes, para prevenir a migração mosquito Aedes Aegypti. A ação é uma realização da Escola Estadual Instituto Bereano de Coari, em parceria com a coordenadora da brigada de Combate ao Aedes Aegypti, Dra. Juceli da S. Oliveira, com o apoio do Departamento de Vigilância em Saúde, Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social, por meio da coordenadora Jheimy Lima, e do Programa Saúde na Escola, Por meio da coordenadora Socorro Barreto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.