Bolsonaro desiste de vir a Manaus

Coincidência ou não, a decisão vem após o governador Wilson Lima (PSL) assinar junto com outros 19 governadores, uma carta criticando o presidente.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desistiu de vir a Manaus para presidir a primeira reunião do ano do Conselho de Administração da Suframa que acontece nesta quinta-feira (20). Coincidência ou não, a decisão vem após o governador Wilson Lima (PSL) assinar junto com outros 19 governadores, uma carta criticando o presidente por suas recentes ações de confronto com os governadores no caso do ICMS dos combustíveis e após fala sobre miliciano morto na Bahia.

Wilson Lima assinou carta contra Bolsonaro

Wilson Lima assinou carta contra Bolsonaro

Wilson Lima foi um dos 20 governadores que assinaram uma carta em que criticam o presidente Bolsonaro por “não contribuir para evolução da democracia” e repudiam a fala do presidente sobre a morte do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, morto em confronto com a polícia baiana no dia 9. Na carta, em “defesa do pacto federativo”, é relembrado que Bolsonaro, há algum tempo, vem “confrontando os governadores” na questão dos impostos dos combustíveis e “se antecipando a investigações policiais para atribuir graves fatos à conduta das polícias e seus governadores”. Neste final de semana, Bolsonaro acusou o governador da Bahia, Rui Costa, e seu partido, o PT, de terem executado o miliciano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.